1.2.09

e é cada uma que me aparece...

[1] três meninas na tv:

a - vocês são irmãs?
1 - sim!
2 - não, eu sou prima.
3 - e eu sou amiga.

logo, não são irmãs.

[2] amigos:

v - como assim?
r - ah verônica, tenha dó!
a - certas coisas nunca mudam...

a - oi! hoje é um dia feliz!
r - oi! hoje é seu dia de sorte, acabou de me conhecer!

r - por que o pé do benedito? qual seria a relevância do benedito?
t - mas não era o do cabrito?
a - sempre ouvi do cabrito!
r - enfim!!! é a mesma coisa que falar sobre onde o judas perdeu as botas! alguém me explica o porquê do lugar ser tão longe assim?

d - como assim v...?
r- pára! lembra que tem uma aqui do lado!

r - pergunta se é, caso não seja, a vê fica!
v - hein?!

r - tá com algum problema?
a - não! nenhum!
r - e por que ri tanto?
v - olha isso também!
a - exato! olha tudo isso e vê se tem condições!

v - adoro sunga branca!
r - ok! eu faço tu tropeçar!

a - gente fissurada num labrador!
a - gente fissurada num buraquinho!


entre milhares de outras pérolas... e segue o verão!

4 comentários:

Di disse...

ADORO o verão!

Alice disse...

Só de lembrar já preciso rir mais!

Tava bizarro (tipo o sobrenome da vizinha)

Gente fissurada numa praia com amigos!

Alice disse...

a - o R disse que vai rezar por mim todos os dias.
t - ah, pra isso tu tem q falar com a pomba-gira
a - tá, e como eu faço pra agendar um horário com ela???
t - em fevereiro a pomba-gira tá de férias

Alice disse...

E mais:

O local onde o 'pseudo judas' (pq o real Judas não utilizava botas) perdeu as botas serio o mesmo local onde a puta pariu? O que ele estaria fazendo lá? Porque ela foi tão longe? Seria o 'pseudo-judas' filho da puta em questão? Ou um parteiro?